Nome: O exorcista
Nome original: The exorcist
Autor: William Peter Blatty
Editora: Agir
Gênero: Terror
Páginas: 336 (estimadas)
Ano de Publicação: 2015
Lançado originalmente em: 1971

 

“… Mal saltou em terra, veio-lhe ao encontro um homem dessa região, possuído por muitos demônios (…) Há muito tempo que se apoderaram dele, e guardavam-no preso em cadeiras com grilhões nos pés, mas ele rompia as cadeias e era impelido pelo demônio para os desertos. Jesus perguntou-lhe: Qual é o teu nome? Ele respondeu: Legião!” – Lucas 8:27-30

Olá legião pandemonium! Hoje é um ótimo dia para um exorcismo não acham?

Hoje vim falar sobre a obra mais importante de William Peter Blatty. O sucesso foi tanto que logo estava sendo adaptada pelo autor para o cinema. Com o filme, Blatty ganhou um óscar e um globo de ouro de melhor roteiro adaptado em 1974.
A obra tem início no Oriente médio, em um canteiro de escavações, no qual Padre Merrin faz a descoberta de antigas relíquias, dentre elas estava uma estatueta de Pazuzu, demônio do vento e da peste na mitologia assíria e babilônica. A partir de então, Merrin percebe que algo sobrenatural está mais perto do que ele imagina.
Após essa primeira parte, o livro viaja até a América do Norte e começa a girar em torno de dois personagens centrais, Chris Mcneil e Padre Damien Karras. A família Macnail é composta por Chris, atriz e recém separada, sua filha Regan de 12 anos e três empregados. Já Padre Carras, que também é psiquiatra, está enfrentando uma fase difícil em relação a sua fé, que anda extremamente abalada por problemas familiares e um sentimento tremendo de culpa.
Tudo começa quando gradativamente o comportamento de Reagan muda e Chris começa a crer que sua filha estava doente. Inicialmente, suas suspeitas eram de alguma doença mental. Após passar por vários exames, clínicas e médicos diferentes Chris Percebe que o problema de sua menina não eram físicos ou mentais, mas indo contra tudo o que ela acreditava: poderiam ser espirituais.
A partir dai, os dois núcleos se fundem, Chris e Carras se conhecem e passam a lutar contra o mal que tem habitado a casa dos Macneil.
Quando o Padre chega à situação, como psiquiatra, tenta entender o fenômeno da forma mais lógica possível porém percebe que o que está ali em sua frente é muito diferente de qualquer coisa lógica que ele já tenha visto. Sendo assim Carras solicita aos seus superiores um pedido de exorcismo, que depois de muitas evidências é aceito. O vaticano envia um padre mais experiente para que ajude em sua missão, e SIM é o Padre Merrin, o arqueólogo do começo do livro.
A partir daí vocês já imaginam, muitos palavrões, vômitos, idiomas que Reagan nunca conhecera, vozes bizarras e assassinatos.


O livro tem uma leitura fluída, que te prende do começo ao fim. Tem muitas informações científicas, como na parte que suspeitam de que Reagan está doente, o que traz a obra para mais perto da realidade. Outro ponto que eu gostaria de ressaltar é que Pazuzu é retratado como um demônio, porém sua lenda diz que ele seria filho de dois deuses. É um dos meus livros favoritos de terror e não precisa ficar com medo: Você consegue sim ler esse livro antes de dormir (pelo menos eu consegui, se bem que talvez eu não seja um bom parâmetro para isso ).
Uma curiosidade sobre a obra é que sim, (cague-se) é inspirada em fatos reais. Supostamente o caso ocorreu em Maryland, nos EUA, por ano de 1949, com um jovem de 13/14 anos de idade que tinha costume de brincar com um tabuleiro Ouija que ganhou de sua tia. Foram cerca de 30 sessões de exorcismo, o garoto sofreu machucados, chegou a ter o nariz quebrado mas finalmente no trigésimo dia ele acordou como se nada tivesse acontecido, sem se lembrar de nada. (O exorcismo, livro lançado pela editora Darkside traz essa história em detalhes)
Muitos mistérios rondam o filme Exorcista, desde acidentes estranhos em seu elenco até MORTES, sim, você leu certo, MORTES. O ator Jack McGowan que interpretou o diretor Burke Dennigs faleceu cerca de um mês antes do filme ser lançado, por causa de uma forte gripe(???). Já Ellen Burstyn, Chris MacNeil mãe de Reagan, sofreu uma lesão permanente da medula espinhal durante as filmagens. Com 86% de aprovação no Rotten Tomatoes, o Exorcista é sem dúvidas um dos maiores ícones de terror.
No ano de 2016 foi lançada pelo canal FOX uma espécie de spin off, uma serie de mesmo nome que infelizmente só durou duas temporadas, sendo cancelada em 2017. (Que vale muito a pena ser conferida, eu particularmente gostei bastante, em especial da primeira temporada)
Existe uma continuação para o livro que foi lançada em 1983 e que se chama A Legião, no Brasil foi finalmente lançada pela darkside books em 2017 e que em um futuro próximo (espero), estarei resenhando para vocês.

The power of Christ compels you!
Até o próximo exorcismo.

Carol Rosello

Author Carol Rosello

Gótica suave, militante do café, colunista nas horas vagas e viciada em filmes de terror.

More posts by Carol Rosello

Leave a Reply