Estudo de observação: Steve Rogers, Capitão America, Nômade MCU

By 31 de agosto de 2018Galeria

estudo de observação

ilustração

Papel Offset 56g/m²

Lápis de cor Faber Castell 24 Cores

caneta COMPACTOR microline 0.4mm preta

 O Capitão Steve Rogers é com certeza um dos personagens com maior desenvolvimento no universo cinematográfico da Marvel. Desde o primeiro Homem de Ferro e os conturbados filmes do Hulk, até o último ‘’Vingadores: Guerra Infinita’’, os filmes em que a trama passa diretamente pelo personagem são mais pesados, e os que tem um toque mais sério em seu roteiro.

 Confesso que não sou um dos maiores fãs do personagem em si, e nutri um certo preconceito a primeira vez que vi o ator Chris Evans no filme ‘’Capitão América: O primeiro vingador’’, muito por conta do seu papel em Quarteto Fantástico I e II, como o fanfarrão Jhonny Storm, o Tocha Humana.  

Mas sem sombra de dúvidas o ator mostrou sua competência e versatilidade, vendo que o personagem foi ficando cada vez mais denso ao longo de seus filmes. Muito desse mérito também tem que ser creditado aos diretores Anthony e Joseph V. Rosso, os irmãos Rosso (Capitão América e o Soldado Invernal /Capitão América: Guerra Civil / Vingadores: Guerra Infinita).

 O Capitão América é sem sombra de dúvidas um dos personagens mais bem desenvolvidos do MCU. Além de sua origem e arcos serem muito bem adaptados e respeitados (diferente dos irmãos: Wanda e Pietro Maxmoff). Seu ápice com certeza está encarnado em sua mais nova roupagem, baseada levemente em sua época como Nômade, em um arco das HQs aonde Steve está “renegado” de sua pátria e já não carrega seu escudo (que é um símbolo americano), mas ainda assim sente a necessidade de pôr-se contra o mau eminente!

 Vocês que acompanharam os acontecimentos de ‘’Soldado Invernal’’ e ‘’Guerra Civil’’ com certeza perceberam as semelhanças, não é mesmo!? Imagine minha surpresa, quando após passar por tudo isso, sem fraquejar ou desistir de seus valores, nosso já querido Steve se vê derrotado e desolado apesar de ter resistido até seu limite. Ao fim de ‘’Vingadores: Guerra Infinita’’ (um filme que não finaliza o arco de seus heróis, mas sim o de seu vilão) Thanos, que consegue em fim o que buscava desde o primeiro Vingadores.

Fica aqui agora minha homenagem e expectativa para a redenção do Capitão Steve Rogers (e profetizo aqui a ascensão de Bucky, o Soldado Invernal ao manto de Capitão, infelizmente após sua morte, kkkkkk).

referencias usadas:

 

Lucas PandemoniuM

Author Lucas PandemoniuM

Tatuador, ilustrador e vocalista. Em uma odisseia diária para gerar conteúdo de qualidade oferecendo diversão e informação.

More posts by Lucas PandemoniuM

Leave a Reply